Cagaita – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

De nome científico: Eugenia dysenterica, a Cagaita é um fruto pequeno, de aproximadamente três centímetros de diâmetro, com casca amarelo esverdeada, polpa suculenta e ácida e apresenta até quatro sementes no seu interior. A cagaiteira é uma bela árvore, com casca grossa típica do Cerrado e de copa frondosa coberta de folhas verdes brilhantes, que pode chegar a oito metros de altura e ocupa áreas de Cerrado da Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Apesar do agradável sabor ácido e textura macia, a Cagaita deve ser consumida observando alguns cuidados.

Isso porque o fruto, se consumido aquecido pelo sol e em grande quantidade, tem um forte efeito laxativo. Essa é uma das explicações populares para o nome “Cagaita”. Já as folhas têm efeito constipador.

Além das atribuições medicinais e de produzir um suco muito saboroso, o fruto é utilizado na fabricação de produtos beneficiados, como picolés e sorvetes.

Pesquisas acadêmicas apontam que a Cagaita é rica em vitamina C e antioxidantes. A polpa, com ou sem a casca, é energética, com baixo teor calórico. Então, para saber um pouco mais sobre esta fruta continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse incrível fruto. Vamos lá?!

Origem da Cagaita:

A Cagaita é uma fruta nativa brasileira, originária do Cerrado. Ocorre no Brasil em vários estados brasileiros como planta nativa, principalmente no Centro, Sudeste, Norte e Nordeste, sendo comum em alguns estados, como Goiás, Minas Gerais e Bahia.

A Cagaiteira floresce entre os meses de agosto e setembro e frutifica nos meses de setembro e outubro. Seu uso pode ser alimentar, medicinal e, por ser muito bonita na época de floração, também é utilizada para arborização paisagística.

Cagaita

Valor Nutricional da Cagaita:

A tabela a seguir traz a informação nutricional para 100 g de Cagaita:

Agora que já conhecemos os nutrientes, conheça também os benefícios para a saúde:

Benefícios da Cagaita:

A Cagaita pode trazer benefícios para a sua saúde e bem-estar devido à sua grande variedade de nutrientes, que incluem:

  • Atuar no controle biológico de verminose – o extrato das folhas dessa espécie é um potente moluscicida que mata os hospedeiros intermediários da verminose esquistossomose, conhecida como barriga d’água, um problema especialmente entre as crianças que moram em regiões menos favorecidas;
  • As flores de cagaiteira possuem grande potencial apícola – isso significa que produzem bastante matéria-prima para a polinização, gerando produtos alimentícios como o mel;
  • Ajudar no tratamento de alguns tipos de anemia, pois uma de suas substâncias auxilia na absorção do ferro, mineral essencial para o bom funcionamento do organismo;
  • Reduzir os riscos de desenvolver osteoporose, pois suprime a taxa de reabsorção óssea,
  • Prevenir doenças cardiovasculares;
  • Combater as rugas e o envelhecimento precoce.

cagaita fruta

Como Consumir a Cagaita:

Cagaita são bastante consumidos, tanto ao natural como na forma de doces, geleias, sorvetes e sucos, podendo ter sua polpa congelada por até um ano. O fruto é bastante perecível quando maduro, devendo ser comido ou processado logo após colhido, para que não ocorra oxidação do mesmo.

Especial atenção é dada quanto à quantidade de frutos ingeridos, principalmente quando quentes ao sol, grande quantidade gera efeito laxante, responsável tanto pelo nome popular como pelo científico. A árvore é também medicinal, melífera, ornamental e madeireira.

A casca serve para curtumes, sendo uma das corticeiras do Cerrado, com até mais de 2 cm de espessura. Além de efeito laxante dos frutos, seu uso medicinal está associado à ação anti-diarreica de suas folhas. outras formas de consumir incluem:

Suco de Cagaita:

Ingredientes:

  • 20 cagaitas;
  • Um litro de água;
  • Gelo a gosto;
  • Pode adoçar, se preferir.

Modo de Preparo:

  • Num primeiro momento, leve as frutas até o liquidificador, mas não bata!
  • Apenas deixe na função pulsar para que as sementes se soltem.
  • Depois que a polpa estiver livre de caroços, você pode batê-la com a água até obter uma consistência homogênea.
  • Se optar por adoçar, esse é o momento para colocar o açúcar também.
  • Depois de feito o suco, é só servir com gelo.

Chá de Cagaita:

Ingredientes:

  • 2 Cagaitas;
  • 1 Litro de água;
  • 2 Folhas de hortelã.

Modo de Preparo:

  • Ferva as cagaitas durante 5 minutos aproximadamente com algumas folhas de hortelã.
  • Após, deixe esfriar e logo após, leve à geladeira.
  • Adoce com açúcar ou mel, caso prefira. Consumir imediatamente.

Compota de Cagaita:

Ingredientes:

  • ​1 quilograma de Cagaita semi madura;
  • 1 quilograma de açúcar;
  • Canela em pau.

Modo de Preparo:

  • Lavar bem as frutas e deixá-las escorrer em peneira.
  • Parti-las ao meio retirando as sementes (cumbuquinhas) Passar em água quente e deixar escorrer em peneira.
  • Numa panela, fazer uma calda rala.
  • Colocar as frutas aferventadas e a canela dentro da calda e permanecer no fogo por 15 minutos.
  • Retirar do fogo, deixar esfriar e guardar em frascos de vidro de boca larga, esterilizados.

​Sorvete de Cagaita:

Ingredientes:

  • 4 quilogramas de Cagaita congelada;
  • 3 quilogramas de açúcar;
  • 190 gramas de Emustab;
  • 140 gramas de liga neutra;
  • 10 litros de água ou leite.

Modo de Preparo:

  • Bater no liquidificador industrial e depois na sorveteira por 6 minutos

Observação: próprio para consumo, sem conservante, até 5 dias depois de feito.

Pudim de Cagaita

Ingredientes:

  • 1 lata suco de Cagaita;
  • 1 lata leite;
  • 1 lata leite condensado;
  • 4 ovos.

Modo de Preparo:

  • Bater todos esses ingredientes no liquidificador Colocar em forma caramelada.
  • Assar no forno em banho-maria ou no fogão em forma apropriada para pudim Levar à geladeira.

Geleia de Cagaita:

Ingredientes:

  • 2 quilogramas e meio de Cagaita;
  • 1 colher (sobremesa) de pectina;
  • 400 gramas de açúcar.

Modo de Preparo:

  • Levar ao fogo a polpa, o açúcar e a pectina Mexer, de vez em quando, até o ponto de fio reto.
  • Acondicionar em frascos de boca larga, esterilizados.

Contraindicações da Cagaita:

Não foram encontradas referências de contraindicações a respeito do consumo da Cagaita. No entanto, o segredo de uma alimentação balanceada é o equilíbrio, por isso, evite o excesso.

Efeitos Colaterais da Cagaita:

Não foram relatados efeitos colaterais decorrentes do uso nas bibliografias consultadas da Cagaita.

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Comments

0 comments

Recomendado Para Você: