Cereja – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

De nome científico: Prunus avium, a cereja é uma fruta pequena, arredondada, de cor vermelha e com polpa macia e suculenta. Ela é rica em vitamina A, vitaminas do complexo B e vitamina C, além de conter cálcio, ferro, fósforo e proteínas, o fruto da cerejeira é muito apreciado por combater os radicais livres e ajudar na digestão. A cereja é uma fruta que quando consumida in natura tem propriedades refrescantes, diuréticas e laxativas, e por ser rica em ácido salicílico é indicada no tratamento e combate ao reumatismo, gota, artrite e redução do ácido úrico. É uma fruta pouco calórica que contém muita fibra, o que auxilia no funcionamento do intestino. Com altas concentrações de antocianina, a cereja fresca é considerada um anti-inflamatório natural, prevenindo inflamações e acalmando dores no corpo. As sementes encontradas no interior da fruta têm propriedades vermífugas e diuréticas. Então, para saber um pouco mais sobre o cereja continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse incrível fruto. Vamos lá?!

Origem da Cereja:

A cerejeira é uma planta originária da Ásia e que designa uma série de espécies, sendo que algumas são frutíferas – aquelas que se classificam no sub-gênero Prunus e, dessa forma, as cerejas classificados como comestíveis atendem pelo nome científico de Prunus avium (L.).

A história do fruto de cereja é muito antiga e, de acordo com o que se pode inferir através da história, descobrimos que durante muito tempo sua produção era destinada para a produção de uma bebida que se assemelhava a um vinho.

O fruto de cereja é tão simbólico para alguns dos povos asiáticos que dentro da cultura japonesa a cerejeira está associada com o samurai, de forma que o mesmo teria sua vida tão efêmera como uma das suaves flores da planta que facilmente se desgrudam dos galhos.

Por outro lado, o fruto da cereja está atrelado a sensualidade e a sexualidade, tendo em algumas histórias seu sabor comparado com o “primeiro gosto do amor”.

cereja

Valor Nutricional da Cereja:

A tabela a seguir traz a informação nutricional para 100 g:

Agora que já conhecemos os nutrientes da cereja, conheça também os benefícios para a saúde.

Benefícios da Carambola:

Se consumida in natura, a cereja mantém os seguintes benefícios:

Reduz Colesterol, Diabetes e Pressão Alta:

cereja é rica em antocianinas, que além de proporcionarem sua cor avermelhada, ativam os genes envolvidos no metabolismo do corpo, controlando glicose e gordura. Essa ação reduz o colesterol alto, diabetes e a pressão alta, de acordo com a Universidade de Michigan.

Elimina a Celulite:

Muito se ouve falar sobre os benefícios do abacaxi para combater a celulite, mas a cereja também ajudam a combater este problema de pele. Graças às suas propriedades anti-inflamatórias e de limpeza, além de ser considerada um laxante suave e um bom diurético, tudo isso ajuda a se livrar das celulites de uma forma segura e natural.

Melhora a Qualidade do Sono:

Um estudo mostrou que pessoas que ingeriram cereja tiveram uma melhora admirável na qualidade do sono. Isso acontece porque a cereja é rica em melatonina, substância que ajuda a melhorar os períodos de sono.

Protege Contra a Diabetes:

Isso é dito porque a cereja têm baixos níveis glicêmicos, menor do que outras frutas como uva, mirtilos ou mesmo pêssegos. Seu consumo, especialmente para diabéticos, é extremamente aconselhado.

Previne e Trata Alzheimer

cereja é rica em antioxidantes, propriedades capazes de beneficiar pacientes de Alzheimer. Aliás, a cereja é oficialmente recomendada pela Alzheimer’s Association, associação de auxílio e tratamento de Alzheimer.

Reduz a dor Muscular:

Estudos realizados com grupos de maratonistas e corredores mostram que o consumo de 1 copo e ½ de cereja é capaz de reduzir dores musculares. Todos os maratonistas que consumiram o fruto antes da corrida apresentaram menos dores ou menos quadros inflamatórios.

Retarda o Envelhecimento:

Os antioxidantes presentes em altas quantidades na cereja é capaz de combater os radicais livres em nosso corpo, consequentemente reduzindo os efeitos do envelhecimento precoce das células.

Previne o Câncer de Cólon:

Um estudo mostrou que as substâncias presentes na cereja são capazes de evitar a formação de elementos químicos resultantes do processo de cozimento de hambúrgueres. O estudo concentrou-se na adição de cereja aos hambúrguer normais e demonstrou que o tecido da fruta “não só retarda a deterioração oxidativa dos lipídios da carne, mas também reduz substancialmente a formação de aminas aromáticas heterocíclicas” suspeitas de serem cancerígenas ao homem.

 

Para obter esses benefícios, deve-se consumir cerca de 10 cerejas por dia, o equivale a uma mão cheia dessas frutas e, para potencializar os resultados, não se deve retirar as cascas antes do consumo.

Como Consumir a Cereja:

Além de poder ser consumida ao natural, a cereja pode ser ingrediente para a preparação de conservas, compotas, sobremesas, geleias e coquetéis.

Mousse de Cereja:

Ingredientes:

  • 1 xícara de cereja
  • 4 ou 5 unidades de iogurte natural em potinho
  • 1 lata de leite condensado light
  • 1 pacote ou folha de gelatina sem sabor
  • 3 colheres de água

Modo de Preparo:

  • Retirar os caroços das cerejas e bater no liquidificador juntamente com os iogurtes e o leite condensado.
  • Dissolver a gelatina na água e acrescentar à mistura, mexendo bem até homogeneizar.
  • Levar à geladeira para gelar e servir.

Bolo de Cereja

Ingredientes: Para fazer a massa:

  • 3 ovos;
  • ½ xícara (chá) da calda da cereja;
  • ½ xícara (chá) de leite;
  • 1 xícara (chá) de açúcar;
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó;
  • 2 xícaras (chá) de farinha.

Ingredientes: Para fazer o recheio:

  • 1 lata de leite condensado;
  • 1 colher de margarina;
  • 1/2 lata de leite;
  • 1 vidrinho de cerejas picadas em 4 partes (reserve umas para enfeitar);
  • 1 caixinha de creme de leite.

Ingredientes: Para fazer a cobertura:

  • 1 caixinha de creme de leite;
  • 300 g de chocolate ao leite.

Modo de Preparo: Para fazer massa:

  • Primeiro, bata os ovos até obter um creme.
  • Em seguida, acrescente o açúcar e bata novamente até que ele se dissolva bem.
  • Adicione também o leite e continue batendo.
  • Feito isso, junte a farinha e o fermento e bata mais uma vez, mexendo delicadamente.
  • Agora, unte com margarina e farinha uma forma com furo, de tamanho pequeno, e despeje a massa.
  • Leve para assar em forno pré-aquecido, por aproximadamente 35 minutos.
  • Reserve. Enquanto isso, prepare o recheio do seu bolo de cereja, seguindo as instruções a seguir.

Modo de Preparo: Para fazer recheio:

  • Em uma panela, coloque o leite de vaca, o leite condensado e a margarina e mexe bem até obter um creme meio grosso.
  • Em seguida, espere esfriar e acrescente o creme de leite e as cerejas.
  • Reserve e prepare a cobertura.

Modo de Preparo: Para fazer cobertura:

  • Para fazer a cobertura do seu bolo de cereja, derreta o chocolate em banho-maria e adicione o creme de leite, misturando delicadamente até que ele fique homogêneo.
  • Leve à geladeira até a hora de cobrir o seu bolo.

Geleia de Cereja:

Ingredientes:

  • 400 gramas de cerejas frescas;
  • 5 colheres (sopa) de açúcar;
  • 1 limão.

Modo de Preparo:

  • O primeiro passo é lavar bem as cerejas e, em seguida, cortá-las ao meio e retirar os caroços.
  • Feito isso, coloque as frutas em uma panela e adicione o açúcar.
  • Agora, leve ao fogo baixo e vá mexendo até que as cerejas comecem a soltar suco.
  • Quando isso acontecer, desligue o fogo e amasse levemente um espremedor de batatas.
  • Adicione o suco de 1 limão, ligue o fogo novamente e mexa a mistura sem parar até obter uma consistência de geleia.
  • Prontinha! Pode servir à vontade.

Contraindicações da Cereja :

Não foram encontradas referências de contraindicações a respeito do consumo da cereja. No entanto, o segredo de uma alimentação balanceada é o equilíbrio, por isso, evite o excesso.

Efeitos colaterais da Cereja:

Não foram relatados efeitos colaterais decorrentes do uso nas bibliografias consultadas.

Recomendado Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carnaúba – Origem, Como Usar e Efeitos Colaterais

Pomelo – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais