Tipos de Corrimento Vaginal e Como Preveni-los!

Tipos de Corrimento Vaginal
Tipos de Corrimento Vaginal e Como Preveni-los!
5 (100%) 1 vote

Saber quais são os tipos de corrimento vaginal é importante para prevenir diversos tipos de doenças, tais como infecções vaginais. O Corrimento vaginal é o nome dado à secreção de fluidos através da vagina. O Corrimento vaginal pode ser algo completamente normal ou um sinal de doença ginecológica. Além disso, quando o corrimento vaginal tem determinada cor, odor, consistência mais espessa, ou é diferente do habitual, pode demonstrar a presença de uma infecção vaginal, como candidíase, tricomoníase, ou a presença de doenças sexualmente transmissíveis, como gonorreia.

Dessa forma, quando a corrimento vaginal não é uma secreção transparente e tem alguma cor, como branco, amarelo, verde, rosa ou marrom pode indicar problemas diferentes, tais como infecções vaginais. Aqui estão algumas dicas sobre o que cada cor dos principais tipos de corrimento vaginal pode significar:

Tipos de Corrimento Vaginal:

Veja a seguir os principais tipos de corrimento vaginal e como preveni-los!

Corrimento Vaginal Branco:

O corrimento vaginal branco geralmente é acompanhado por outros sintomas, como coceira, vermelhidão e sensação de queimação na região da vulva e da vagina.

  • O que pode causar: Pode ser causada por Candidíase vaginal, uma infecção causada pelo fungo Candida albicans.
  • Como tratar: o tratamento geralmente é feito com medicamentos antifúngicos como o fluconazol, que pode ser ingerido na forma de comprimidos ou aplicado na região como pomada.

Quando há um corrimento vaginal branco semelhante leite coalhado, homogêneo e cheirando a peixe, pode ser uma doença chamada cervicite, que é um tipo de vaginose causada por protozoários, fungos ou bactérias.

Corrimento Vaginal Amarelo ou Verde Amarelo:

O Corrimento Vaginal amarela, acinzentada ou verde-amarelada, com forte odor semelhante a peixe, pode estar associada a outros sintomas, como dor e sensação de ardor durante a relação íntima ou ao urinar.

  • O que pode causar: pode ser causada pela tricomoníase, uma infecção vaginal transmitida sexualmente.
  • Como tratar: o tratamento geralmente é feito com medicamentos antifúngicos, como Metronidazol, Tioconazol ou Secnidazol, que podem ser tomados como comprimidos de dose única ou por 5 a 7 dias de tratamento.

Além disso, o fluxo amarelo semelhante ao pus pode indicar a presença de clamídia, uma doença sexualmente transmissível que pode causar sintomas muito leves. Neste caso, o tratamento é feito com azitromicina tomada em dose única ou por 7 a 15 dias de tratamento. Quando o fluxo é verde, pode ser um sinal de tricomoníase ou vulvovaginite.

Corrimento Vaginal Marrom ou com Sangue:

O Corrimento Vaginal marrom ou a presença de sangue no Corrimento geralmente está associado a outros sintomas, como dor e ardor ao urinar.

  • O que pode causar: pode ser causada pela gonorreia, uma doença sexualmente transmissível causada por bactérias.
  • Como tratar: o tratamento pode ser feito com antibióticos como a azitromicina ou a ciprofloxacina, tomados em dose única ou durante 7 a 10 dias de tratamento.

Além disso, nos casos mais graves deste tipo de Corrimento Vaginal também pode ser indicativo de câncer da vagina, colo do útero ou endométrio, por isso é importante consultar o ginecologista quando esses sintomas aparecem.

No entanto, se esteve menstruada recentemente, o corrimento marrom, com sangue ou rosado é comuns nos dias seguintes ao término da menstruação e nestes casos não é motivo de preocupação.

Corrimento Vaginal na Gravidez:

O Corrimento Vaginal na gestação quando surge é importante ser tratado o mais rápido possível, para evitar complicações e evitar agredir o bebê.

  • O que pode causar: pode ser causado por doenças como tricomoníase, vaginose bacteriana, gonorreia ou candidíase.
  • Como tratar: o tratamento deve ser feito com medicamentos antifúngicos ou antibióticos, prescritos pelo médico.

Portanto, durante a gravidez, assim que os primeiros sintomas aparecem, é muito importante consultar o médico para que ele possa diagnosticar a causa e indicar o tratamento mais adequado.

Corrimento Vaginal Transparente:

O Corrimento Vaginal transparente, semelhante à clara de ovo, pode indicar que está no período fértil do ciclo menstrual, sendo por isso essa a altura ideal para a mulher engravidar se não estiver sob o efeito do anticoncepcional.

Esse tipo de Corrimento Vaginal dura aproximadamente 6 dias e acaba desaparecendo naturalmente após esse período.

Corrimento Vaginal Rosa:

O corrimento vaginal rosa pode indicar o início da gestação, pois pode ser causado pela fertilização do óvulo e é freqüente até 3 dias após o contato íntimo. Juntamente com este tipo de corrimento é comum surgir leves cólicas abdominais que são normais e acabam passando sem tratamento.

O que Fazer Para Prevenir Corrimento Vaginal:

Para prevenir infecções e doenças vaginais que podem causar corrimento vaginal, é importante ter uma boa higiene íntima, fazendo-a 1 a 2 vezes ao dia. Para isso você deve lavar a região íntima com bastante água e uma gota de sabão sem esfregar excessivamente. Após a lavagem, você deve secar cuidadosamente a região e usar roupas íntimas lavadas. É importante ter em conta:

  • Use roupas íntimas de algodão;
  • Não use protetores diários como Carefree por exemplo;
  • Evite o uso ou uso de lenços umedecidos ou papel higiênico com perfume;
  • Evite esfregar muito a área íntima, mesmo com sabão íntimo.

Esses cuidados ajudam a evitar o aparecimento de infecções vaginais e a proteger a mucosa vaginal, evitando o desenvolvimento de fungos ou bactérias que podem causar algum tipo de corrimento vaginal.

Recomendado Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Exercício Para Acabar com o Ronco

Faça Este Simples Exercício Para Acabar com o Ronco!

Como Fazer Mousse de Chocolate Halloween!