Vitamina A – O que é, Benefícios, Fontes e Deficiência

Vitamina A – O que é, Benefícios, Fontes e Deficiência
5 (100%) 1 vote

Vitamina A – O que é, Benefícios, Fontes e Deficiência desse micronutriente. Além do mais, a Vitamina A ou Retinol é um nutriente importante para a visão, crescimento, divisão celular, reprodução e imunidade. As principais fontes de Vitamina A são: carnes orgânicas, peixe gordo, tal como o arenque e salmão, e óleos de peixe. Os melhores benefícios da Vitamina A é prevenir câncer e melhorar a visão. A deficiência de Vitamina A é identificada por meio de um exame de dosagem de retinol sérico ou retinol no leite materno, no caso de lactantes. Então, confira agora tudo sobre a Vitamina A:vitamina A-4

O que é vitamina A:

A Vitamina A ou Retinol é um micronutriente pertencente ao grupo das vitaminas lipossolúveis, podendo ser encontrada no tecido animal sob a forma de retinoides ou como pró-vitamina em tecidos vegetais, sob a forma de carotenoide. No organismo humano a Vitamina A pode ser encontrada de três formas, o retinol, retinal e o ácido retinoico, sendo o último o principal e mais abundante metabólito intracelular em mamíferos.

Fontes de Vitamina A:

vitamina A-3

O retinol pronto feito, a forma ativa da Vitamina A, vem apenas de fontes animais. As fontes mais ricas de retinol são:

  • Carnes orgânicas, como fígado;
  • Peixe gordo, tal arenque e salmão, e óleos de peixe;
  • Manteiga, leite e queijo;
  • Ovos.

Os alimentos à base de plantas contêm carotenoides, formas antioxidantes da Vitamina A. Estes são convertidos em retinol no corpo. O carotenoide é um pigmento laranja que contribui para a cor de certas frutas e vegetais.Fontes de vegetais ricas em carotenoides são:

  • Abóbora, cenoura, abóbora e outros vegetais de cor laranja;
  • Batatas doces;
  • Frutas de cor de laranja, como cantalupos, papaias e mangas;

Os alimentos vegetais ricos em beta-caroteno incluem:

  • Brócolis, espinafres, nabos e outros vegetais verdes escuros e verdes;
  • Abobrinha;
  • Pimentões.

Agora que já conhecemos as principais fontes de Vitamina A, conheça os melhores benefícios da Vitamina A para saúde:

Benefícios da Vitamina A:

vitamina A-2

O consumo adequado de Vitamina A é importante porque ela desempenha as seguintes funções no organismo:

Melhora a Visão:

Ela está diretamente ligada à visão, uma vez que ajuda os olhos à reconhecerem e se adaptarem a pequenas quantidades de luz, como a visão noturna. Além disso, inibe o envelhecimento precoce e degeneração dos olhos ao longo dos anos.

Fortalece o Sistema Imunológico:

Ela fortalece o sistema imunológico do corpo humano, tornando menos prováveis infecções ou viroses. Isto ocorre porque o nutriente favorece a produção de defesas e melhora a resposta dos anticorpos.

Previne o Câncer:

Por ter ação antioxidante e contribuir para a correta proliferação e diferenciação celular. Algumas pesquisas sugerem que a ela é capaz de mudar células cancerígenas e prevenir que células normais se tornem cancerígenas. Contudo, ainda não se conseguiu provar que a ela de fato ajuda a prevenir o câncer.

Melhora a Saúde das Unhas e do Cabelo:

A saúde e vitalidade dos cabelos e das unhas, está diretamente ligada aos excessos ou carências. Entretanto, para obter um aspecto saudável, recomenda-se uma alimentação balanceada ao invés de suplementos e medicações. A ingestão incorreta desta vitamina, pode causar queda de cabelos, unhas quebradiças e pele seca.

Melhora a Vida Sexual:

Com uma ingestão balanceada da vitamina, pode permitir uma boa produção de esperma, além de favorecer no período menstrual a evitando fadiga.

Melhora a Saúde da Pele:

Ela é necessária para manter a integridade e função das células da pele e das mucosas. Além disso, o nutriente age na reparação do epitélio da pele. Alguns estudos tentaram comprovar se ela ajuda a prevenir ou tratar o câncer de pele, porém nada ainda foi comprovado.

Acelera o Crescimento na Adolescência:

Ela contribui para o crescimento de diferentes maneiras. Ela é essencial para a proliferação e divisão celular e também regula a expressão do gene para a formação do hormônio de crescimento, o GH.

Fortalece os Ossos:

Esta vitamina é indispensável para o crescimento e desenvolvimento adequado dos ossos, uma vez que é capaz de produzir um metabolismo ósseo intenso. Aos adultos e idosos a ela ajuda e inibe uma degeneração óssea, prevenido dores nas articulações.

Elimina as Pedras nos Rins:

Ela previne a formação dos cálculos urinários, devido à formação de cálcio fosfato. Ela também ajuda a manter o revestimento do trato urinário em forma. Além disso, reduz assim a possibilidade de retorno de pedras.

Suplementos de Vitamina A:

A suplementação de vitamina A é tão acessível quanto a de outras vitaminas. Entretanto, não há um consenso científico sobre os benefícios ou sequer sobre os riscos da suplementação, de modo que ela só deve ser feita caso seja verdadeiramente necessário.

A necessidade pode se impor no caso de pessoas com problemas na conversão de carotenoides para retinoides, que precisam obter grandes quantidades de retinoides e que, por isso, muitas vezes sofrem com a deficiência de vitamina A.

Outros fatores também podem influenciar esse aspecto, como variáveis genéticas, problemas digestivos, consumo de álcool e uso de determinados medicamentos.

A suplementação deve, portanto, ser recomendada por um médico, a quem também cabe o papel de determinar a dosagem.

Consumir mais que 3mg de vitamina A por dia é certamente prejudicial, de modo que esse valor deve ser usado como um limite para os adultos. Para as crianças, os limites são naturalmente ainda menores.

Suplementos de Vitamina A

Quantidade Recomendada de Vitamina A:

As necessidades de Vitamina A variam de acordo com a fase da vida:

  • Bebês de 0 a 6 meses: 400 mcg/dia;
  • Bebês de 6 a 12 meses: 500 mcg/dia;
  • Crianças de 1 a 3 anos: 300 mcg/dia;
  • Crianças de 4 a 8 anos: 400 mcg/dia;
  • Meninos de 9 a 13 anos: 600 mcg/dia;
  • Meninas de 9 a 13 anos: 600 mcg/dia;
  • Homens a partir de 14 anos: 900 mcg/dia;
  • ​Mulher a partir de 14 anos: 700 mcg/dia;
  • Gestantes: 750 a 770 mcg/dia;
  • Lactentes: 1200 a 1300 mcg/dia.

Esses valores são a quantidade mínima de vitamina A que deve-se ingerir por dia para manter o bom funcionamento do organismo.

Efeitos Colaterais de Vitamina A:

Muita Retinol pode ser prejudicial. Mesmo uma única dose grande – acima de 200.000 mcg – pode causar:

  • Náusea;
  • Vômito;
  • Vertigem;
  • Visão embaçada.

Tomar mais de 10.000 mcg por dia de suplementos de Retinol oral a longo prazo pode causar:

  • Desbaste ósseo;
  • Dano no fígado;
  • Dor de cabeça;
  • Diarreia;
  • Náusea;
  • Irritação na pele;
  • Dor nas articulações e osso;
  • Defeitos de nascença.

Se você está ou pode engravidar, fale com o seu médico antes de tomar Retinol. O excesso de uso de Retinol durante a gravidez foi associado a defeitos congênitos.

Deficiência de Vitamina A:

Deficiência de Vitamina A

A deficiência de Vitamina A pode causar problemas para assistir, especialmente à noite. Também pode dificultar a luta contra infecções. A deficiência de Vitamina A geralmente é diagnosticada após o exame de sangue.

Tratamento da Deficiência de Vitamina A:

Se seus níveis de Retinol são muito baixos, ou o seu médico suspeita que você tenha uma deficiência de Vitamina A, eles podem prescrever-lhe suplementos de Retinol. Não tome suplementos de Retinol, a menos que seus médicos lhe digam que.

Muita Retinol em seu corpo pode causar sérios problemas, incluindo náuseas, perda de cabelo, visão desfocada, cor de pele laranja e incapacidade de controlar o movimento do corpo. Para as mulheres grávidas, muita Retinol pode causar defeitos congênitos

Recomendado Para Você:

15 Pings & Trackbacks

  1. Pingback:

  2. Pingback:

  3. Pingback:

  4. Pingback:

  5. Pingback:

  6. Pingback:

  7. Pingback:

  8. Pingback:

  9. Pingback:

  10. Pingback:

  11. Pingback:

  12. Pingback:

  13. Pingback:

  14. Pingback:

  15. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rambutan – Origem, Nutrientes, Benefícios e Efeitos Colaterais

Vitamina C – O que é, Benefícios, Fontes e Deficiência